Coring systems and sediment core quality

Once the vessel is positioned at a site, the thrusters are lowered and a positioning beacon is dropped to the seafloor. The dynamic positioning control of the vessel uses navigational input from the GPS and triangulation to the seafloor beacon. Then the drilling operations start by tripping pipe into the sea floor, followed by a survey of the seafloor using the underwater camera system to ensure that it was free of obstructions and choosing the most appropriate coring system.

Assim que o navio chega ao local escolhido para ser perfurado, os propulsores do navio são colocados na água e um sinalizador de posicionamento acústico é largado para o fundo do mar. O sistema de controlo de posicionamento dinâmico do navio usa a informação do GPS e da triangulação para o sinalizador acústico que está no fundo do mar para o posicionar no local exacto. Em seguida, as operações de perfuração começam com o envio dos tubos de perfuração em direcção ao fundo do mar, a realização de um levantamento com uma câmara de vídeo subaquática para garantir que o fundo do mar está livre de obstruções e a escolha do sistema de perfuração mais adequado.

During our expedition we have been using the following coring systems: the APC, XCB, and RCB. The APC system cuts soft-sediment cores with minimal coring disturbance and is crucial for high-resolution climate and paleoceanographic studies.

Durante a nossa expedição temos vindo a utilizar os seguintes sistemas de carotagem seguinte: APC, XCB, e RCB. O sistema APC permite obter tarolos de sedimentos não consolidados com o mínimo de perturbação e é crucial para a realização de estudos climáticos e paleoceanográficos de alta resolução.

The XCB system is used to advance the hole when APC refusal occurred in a hole before the target depth was reached and when the formation became either too stiff for the APC system or when drilling hard substrate. Though, it can cause core disturbance and sometimes pieces of core are broken into rotated discs called ‘biscuits’ as a result of the drilling process.

O sistema XCB é usado para aprofundar o furo quando a formação rochosa se tornou demasiado dura para o sistema APC (ou aquando da perfuração de um substrato rígido) antes da profundidade desejada ter sido atingida. Porém, na sequência do processo de perfuração, este sistema pode causar  a perturbação dos sedimentos e, por vezes, pedaços do tarolo são divididos em discos chamados 'biscoitos'.

The RCB system is deployed when the APC or XCB coring rates diminished below an acceptable level (or if the bit is destroyed by an increasingly hard formation). However, this drilling system frequently causes core disturbance and fractures the lithified sediments and rocks.

O sistema RCB é usado quando as taxas de recuperação de tarolos obtidas com os sistemas APC ou XCB diminui abaixo do nível aceitável (ou se a broca é destruída por formações rochosas cada vez mais duras). No entanto, este sistema de perfuração frequentemente causa uma elevada perturbação dos tarolos fracturando os sedimentos e as rochas consolidadas.

Comments

Diogo Cunha 10º D

Olá professor gostava de saber qual das brocas foi mais utilizada nesta expedição?

Brocas...

Olá Diogo -

Como os cientistas pretendem realizar estudos paleooceanográficos/climáticos o sistema de carotagem que mais tem sido usado é o tipo APC/XCB. Este sistema permite recuperar os sedimentos menos consolidados e com pouca perturbação resultante das operações de perfuração.

Todavia, para se atingir as zonas mais profundas (e num dos furos atingiu-se a profundidade de 860 m abaixo do fundo do mar), onde os sedimentos estão mais compactos ou mesmo litificados, tem-se recorrido ao sistema RCB. Este sistema tem o inconveniente de durante a realização dos furos perturbar os materiais que são recuperados do fundo do mar.

Um abraço